A fronteira entre ESG e investimentos

A pandemia de covid-19 jogou os holofotes para os investimentos com foco em responsabilidade ambiental, social e de governança corporativa (ESG, na sigla em inglês). No Brasil, essa onda também chegou e a crise foi uma prova de fogo para as empresas que aspiram ser reconhecidas pelo selo da sustentabilidade.

#LivedoValor #ESG #investimentos https://www.famainvestimentos.com.br/

A despeito de polêmicas envolvendo as políticas públicas relacionadas ao meio-ambiente e à gestão da pandemia, será que o setor corporativo conseguiu passar no teste? As emissões de títulos de dívida com o carimbo “verde” ou “social” já somam mais de US$ 7 bilhões neste ano. Mas quem compra esses papéis ou os inúmeros fundos com esse viés tem a garantia que está de fato construindo uma carteira ESG?

Essas e outras questões serão tema da Live do Valor desta sexta-feira, 30 de abril, às 11h, com a participação de Fabio Alperowitch, sócio-fundador da Fama Investimentos. Fundada em 1993, a gestora é uma das pioneiras no Brasil a usar o filtro ESG para selecionar ações para a carteira. Foi também a única brasileira a assumir compromisso de neutralidade de carbono até 2050 junto com 30 gestoras globais, que reúnem mais de US$ 9 trilhões, no fim do ano passado.

Alperowitch é formado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas (FGV-SP), com cursos de extensão na Universidade da Califórnia (Berkeley) e na Harvard Kennedy School.

No terceiro setor, ele é diretor do Instituto Fama, dos Institutos Brasil Israel, Totós da Teté, conselheiro da WWF Brasil, da GRI Brasil do Capitalismo Consciente Brasil e do Museu Judaico. É também membro do grupo de trabalho do TNFD.

A entrevista será conduzida pela jornalista Adriana Cotias, repórter de Finanças e Investimentos do Valor, e será transmitida pelo site e pelas páginas do Valor no YouTube e no LinkedIn.

You May Also Like