A pressão da revolução tecnológica na cadeia automotiva

A rápida e profunda transformação que envolve produtos como o automóvel tem pressionado as cadeias de fornecedores no Brasil. A indústria está preparada para a evolução digital? E como fazer a transição entre negócios tradicionais e os que envolvem mais tecnologia e inovação?

#LivedoValor #revoluçãotecnológica #cadeiaautomotiva @Bosch Brasil

A Live do Valor desta segunda-feira, dia 10, às 11h, será com o presidente da Bosch na América Latina, Besaliel Botelho. Ele falará como o avanço tecnológico obriga as empresas a diversificar áreas de atuação, o papel do Brasil no cenário global e os desafios que o atual ambiente de negócios no país impõe às grandes empresas.

Com faturamento anual de quase R$ 7 bilhões na América Latina, dos quais mais de 70% são obtidos no Brasil, a Bosch tem investido em modelos de negócios baseados na digitalização e conectividade. Isso envolve não apenas o setor automotivo como também outras áreas da indústria, mineração e agronegócio.

Botelho é graduado em Engenharia Eletrônica e Telecomunicações pela Universidade de Karlsruhe, na Alemanha, e possui MBA em Administração Internacional de Negócios pela Universidade Estadual de São Paulo. O executivo ingressou no Grupo Bosch em 1985 e atuou em diferentes áreas de engenharia e vendas, incluindo o desenvolvimento da tecnologia flex, que permite o uso de gasolina ou etanol no mesmo tanque de combustível. Desde 2011, Botelho é presidente da companhia na América Latina. Ele também preside a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva.

A entrevista será conduzida pela jornalista Marli Olmos, repórter especial do Valor, e será transmitida pelo site e pelas páginas do Valor no YouTube e no LinkedIn.

You May Also Like