Anatomia do mal: o que exames psicológicos revelaram sobre nazistas

Iniciados em 20 de novembro de 1945, na Alemanha, após o fim da Segunda Guerra Mundial, os Julgamentos de Nuremberg sentenciaram 24 dos mais importantes líderes do Nazismo. Doze deles foram condenados à morte.

E, apesar de muito já ter se falado sobre os processos em si, pouco se discutiu sobre a extraordinária análise psicológica dos nazistas que foi feita nesse período.

Horas de entrevistas, exames e observações tentaram responder se os nazistas eram verdadeiros monstros ou seres humanos comuns que cometeram monstruosidades.

Neste vídeo, Malu Cursino mostra o que foi descoberto com a análise das mentes de quatro figuras marcantes do Nazismo: Robert Ley, Julius Streicher, Rudolf Hess e Hermann Göring. E conta como psicólogos tentaram destrinchar a anatomia do mal nos nazistas.

Leia também a reportagem: https://www.bbc.com/portuguese/geral-55035660

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: www.bbc.com/portuguese

#BBCNewsBrasil #História #SegundaGuerraMundial

You May Also Like