Cresce fiscalização contra falsos entregadores de moto

A Operação Sufoco dobrou o número de policiais nas ruas para investigar e fazer abordagens a motociclistas para combater crimes cometidos por falsos entregadores.

Ação do governo do estado começou após o assassinato do jovem Renan Loureiro, morto a tiros em frente a namorada após ser assaltado por um criminoso utilizando uma mochila de entrega por aplicativo.

Com essa fiscalização, entregadores também reclamam do aumento no preconceito contra trabalhadores da classe . O Sindicato dos Motoboys da cidade de São Paulo exige que os aplicativos forneçam baús ao invés de mochilas para os entregadores.

#JTCultura #JornaldaTarde

You May Also Like