Opinião | Racismo e Saúde Pública | 13/05/2021

A falta de acesso da população negra no Brasil pode ser vista também na pandemia de Covid-19. De acordo com um estudo realizado pela PUC do Rio de Janeiro, 55% dos negros morreram em decorrência do novo coronavírus, enquanto a proporção entre brancos foi de 38%. Em um outro levantamento feito pelo Instituto Pólis, a taxa de óbitos pela doença entre negros na capital paulista foi de 172 por 100 mil habitantes e a de brancos, 115 óbitos por 100 mil habitantes.

Quais são as causas dessa desigualdade? Como mudar este cenário? Para falar sobre o tema, o Opinião recebe o sociólogo Luís Eduardo Batista e a médica Denize Ornelas.

#OpiniãoTVCultura

You May Also Like