Ordens de Bolsonaro, cloroquina e 5 outros destaques de Pazuello na CPI

Em depoimento à CPI da Covid, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta (19/05) que o presidente Jair Bolsonaro “nunca deu ordens diretas para nada” enquanto ele foi ministro.

“Em momento algum o presidente me desautorizou ou me orientou a fazer nada diferente do que eu estava fazendo”, disse Pazuello. “As orientações foram fazer a coisa acontecer o mais rápido possível.”

O ex-ministro afirmou, por exemplo, que uma fala de Bolsonaro contra a CoronaVac não interferiu em nada na discussão que havia com o Instituto Butantan, que produz a vacina.

Bolsonaro disse, em outubro de 2020, ao questionado sobre protocolo de intenções feito após reunião de Pazuello com governadores: “Já mandei cancelar”.

Segundo o ex-ministro, a fala de Bolsonaro foi “uma posição como agente político na internet”. “Uma fala na internet não é uma ordem”, disse Pazuello. “Bolsonaro nunca falou para que eu não comprasse. Ele falou publicamente, mas para o ministério ou para mim, nunca falou.”

Assista a esse e outros momentos polêmicos da fala do ministro neste vídeo.

Confira a íntegra do depoimento desta quarta, 19/5:

Parte 1: https://youtu.be/COOW_-VHPwc
Parte 2: https://youtu.be/ceVsPtKm88Y

Leia também a reportagem em texto: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-57174281

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: www.bbc.com/portuguese

#BBCNewsBrasil #CPIdaCovid #Pandemia

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: www.bbc.com/portuguese

You May Also Like