Repórter Cultura | À CPI da Covid, Mayra Pinheiro afirma que aplicativo TratCov não foi hackeado

Terminou o depoimento de Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, à CPI da Covid. Mayra disse aos senadores que foram técnicos subordinados a ela que criaram a plataforma TratCov, retirada do ar após críticas. De acordo com a secretária, o aplicativo não foi hackeado, como declarou o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à comissão.

You May Also Like